PUBLICADO EM 14 de Maio de 2019
COMPARTILHAR COM:

Servidor protestará na câmara nesta terça-feira, em Praia Grande

O sindicato dos servidores municipais de Praia Grande convoca a categoria para protestar na câmara de vereadores, a partir das 9 horas desta terça-feira (14), contra o prefeito Alberto Mourão (PSDB).

Na tarde desta segunda-feira (13), ele mandou projeto de lei ao legislativo sobre a data-base da categoria, em maio, sem ter feito nenhuma negociação com o sindicato.
Seu presidente, Adriano Roberto Lopes da Silva ‘Pixoxó’, gravou uma convocação ao funcionalismo, no Facebook, no final da tarde, classificando a atitude de Mourão de “antidemocrática e desrespeitosa”.
Na gravação, Adriano lembra ter recebido um telefonema do gabinete do prefeito, às 12h30, propondo uma reunião, às 14 horas, sem margem de tempo para convocar a comissão de negociação e o jurídico.
O sindicalista explicou a dificuldade ao gabinete e propôs a reunião para as 10 horas desta quarta-feira. Como não obteve resposta, o sindicato mandou um ofício ao prefeito e outro ao presidente da câmara, às 17h30.
Os ofícios sugeriram que o projeto de lei fosse retirado da pauta até a finalização das negociações: “A comissão de servidores foi eleita em várias reuniões setoriais e precisam ser respeitadas”, diz Adriano.

Desrespeito aos servidores
Segundo ele, o projeto estabelece, unilateralmente, reajuste salarial de 5,5% em maio, quando a categoria, com 12 mil integrantes, reivindica 6% e maio e 3% em dezembro.
As reivindicações foram aprovadas numa concorrida assembleia, em 5 de abril, e enviadas ao prefeito alguns dias depois. Em 16 de abril, Adriano mandou ofício a Mourão, requerendo negociações.
Na quarta-feira da semana passada (8), o sindicalista mandou novo ofício ao executivo, no mesmo sentido. E mais um hoje, segunda-feira (13). O protesto definirá os próximos passos da campanha salarial.
“Respeitamos o prefeito e queremos que ele nos respeite”, diz Adriano.
“Queremos que ele respeite, acima de tudo, o conjunto dos servidores, que colocam a máquina pública em funcionamento”.

ENVIE SEUS COMENTÁRIOS

QUENTINHAS