Álvaro Egea

A parcialidade das decisões do Supremo: diligente na defesa dos interesses do poder econômico

[caption id="attachment_7576" align="alignright" width="300"]  [/caption] Gilmar Mendes concedeu liminar dia 18 de outubro suspendendo os efeitos da MP 892 que dispensava a publicação de editais e atos públicos em jornais impressos . A MP é uma retaliação do presidente Bolsonaro à mídia em razão das matérias publicadas que ele considera...

Miguel Torres

Debate e construção de modernização da estrutura sindical

No último dia 17 de outubro, os presidente das centrais sindicais se reuniram com o secretário  especial do Trabalho e Previdência,  Rogério Marinho, e com  membros do Gaet (Grupo de Altos Estudos do Trabalho) - criado pelo governo federal - para debater a modernização na estrutura sindical e para apresentar propostas para o desenvolvimento econômico nacional e geração de empregos.

José Pereira dos Santos

Viva o professor!

Nesta segunda-feira, 15 de outubro, foi o Dia do Professor. A data, instituída ainda no reinado de Pedro II, só veio a ser oficializada em 1963, por ato do presidente da República João Goulart - Jango. Interessante observar a relação entre a Educação e o Trabalhismo. Foi o maior dos...

Miguel Torres

Péssima ideia, ministro Moro!

Acabamos de ler em uma nota da coluna Radar da revista Veja que o ministro da Justiça Sérgio Moro “decidiu criar um grupo com integrantes do governo e de centrais sindicais para simplificar a concessão de vistos e atrair ‘mão de obra qualificada’ do exterior” para o Brasil.

Clemente Ganz Lúcio

Para manter a política de valorização do salário mínimo

O salário mínimo (SM) foi instituído no Brasil na Constituição de 1934; a de 1946 determinou que o SM deveria atender também à família do trabalhador; e a de 1988 renovou esse direito a todos os trabalhadores urbanos e rurais, definindo no artigo 7º, parágrafo IV: um “salário mínimo, fixado...

José Pereira dos Santos

A importância do Nobel da Paz

Por esses dias, será escolhido o Prêmio Nobel da Paz 2019. Vários nomes são cogitados, dentre eles o Papa Francisco e o ex-presidente Lula. Há outros indicados de igual valor e com méritos.

Orlando Silva

A tragédia do trabalho no Brasil

O Brasil recebe, em média, uma notificação de acidente laboral a cada 49 segundos, sendo que um trabalhador morre a cada 3 horas e 43 minutos. Os dados chocantes são do Observatório de Segurança e Saúde no Trabalho, projeto elaborado pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) em conjunto com a OIT.

Nivaldo Santana

Novos riscos para os sindicatos

Desde 1º de maio de 1943, vigora no país a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Com quase mil artigos, a CLT elevou o patamar de direitos dos trabalhadores, definiu os parâmetros da organização sindical e o papel da Justiça do Trabalho para arbitrar conflitos trabalhistas individuais e coletivos.

João Guilherme Vargas Netto

Escorrega do bolsonarismo, cai no liberalismo

Há um substrato no bolsonarismo que é o seu apoio do mercado e do rentismo configurado, por exemplo, na manchete da entrevista dele no domingo, 6 de outubro, às jornalistas Tânia Monteiro e Andreza Matais do Estadão: “Economia é 100% com Guedes e não tem plano B”.

Luiz Carlos Motta

Outubro, mês dos comerciários

Em 30 de outubro comemora-se, em todo o Brasil, o Dia do Comerciário, momento ideal para a categoria refletir sobre seus problemas de classe, valorizar a importância do sindicato e redobrar a sua disposição para se engajar na luta por conquistas sindicais, econômicas, trabalhistas e sociais.