cultura

Terra Fria é a história de uma jovem mulher trabalhadora na mina de ferro; filme

O filme traz a questão: a inclinação natural da mulher é (e deve ser mantida como) a maternidade e o cuidado com a casa? Parece uma ideia ridícula, mas ela ainda está enraizada em muitas partes do senso comum e carece de constante elucidação.

cultura

Arte de rua em Sampa; streetart 31

cultura

Merval Pereira é eleito presidente da Academia Brasileira de Letras

Posse será em março de 2022

cultura

Round 6: uma exposição poderosa de como os capitalistas usam as dívidas para manter o poder

O que você pode pensar que são spoilers nesta resenha não são realmente spoilers, não para uma série como essa. Se você assistir essa série de nove episódios, que eu altamente recomendo, você vai ver o que eu digo.

cultura

Arte de rua em Sampa, Streetart 30

cultura

Gilmar Machado lançará Brasil 2021 em Charges

O livro terá 100 páginas coloridas no formato 20 cm x 20 cm e está sendo financiado novamente pela plataforma Catarse. Conheça mais o Gilmar através desta entrevista realizada pelo jornalista Val Gomes.

cultura

Maid, na Netflix: luta de classes na telinha

Na loja de doces de calorias vazia do entretenimento da televisão americana, a nova minissérie da Netflix, Maid, faz algo diferente e o faz muito, muito bem. Maid quebra o cânone para nos mostrar pessoas reais da classe trabalhadora, no trabalho e em casa. Não os doutores e detetives que parecem preencher exclusivamente nossas telas. Não os cowboys ou criminosos. Nem pessoas ricas em jogos de guerra em salas de reuniões corporativas.

cultura

Benedito João dos Santos Silva Beleléu, Vulgo Nego Dito

Essencial em Itamar era sua condição de homem bruto e marginal na concretude da cidade

cultura

Arte de rua em Sampa; streetart 29

cultura

Guilherme Arantes canta: Fantoches

Apresentada no Festival da Nova Música Popular Brasileira - MPB 80 da TV Globo e gravada no álbum Coração Paulista, de 1980, Fantoches elenca alguns caracteres odientos das pessoas que costumam ser desleais nos ambientes de trabalho. Com uma pegada blues, Fantoches também pode ser ouvida como uma crítica aos podres poderes no Brasil e no mundo, de épocas passadas e da atualidade.