Oswaldo Augusto de Barros

Supermercado e voto

Ir ao supermercado nos dias de hoje é ter uma visão bem clara do período nefasto pelo qual estamos passando e, ao mesmo tempo, poder fazer uma análise mais profunda do Processo Eleitoral que em breve viveremos. Mesmo os menos letrados olham para os produtos como que sem acreditar que...

Francisco Sales Gabriel Fernandes, o Chico

Contribuir é preciso!

Recente pesquisa do Datafolha mostra que a percepção da população sobre os Sindicatos melhorou. Isto é muito bom para os Sindicatos atuantes, como o Sindicato dos Metalúrgicos de Mococa e Região, pois revela que mesmo diante da destruidora reforma trabalhista de Temer e da crise econômica acelerada pelo Bolsonaro, nós resistimos e continuamos defendendo os interesses da classe trabalhadora.

Eusébio Pinto Neto

A infância roubada pelo governo Bolsonaro

O estupro sofrido por uma menina de onze anos, em Santa Catarina e a consequente gravidez gerou um grande debate, na semana passada, e nos faz questionar sobre o futuro que queremos para os nossos filhos e netos. O ataque a República promovido pelo governo Bolsonaro vai deixar para as futuras gerações um legado de abandono. Com o desmonte das políticas públicas e o retrocesso, as crianças se tornaram as maiores vítimas do desamparo social.

Miguel Torres

Brasil mais pobre revela tragédia que é o governo Bolsonaro

Matéria deste sábado da Folha — Renda dos 5% mais pobres não compra nem dois pratos feitos por mês — revela, efetivamente, a tragédia que é o governo do presidente Jair Bolsonaro (PL). Por qualquer ângulo que se observe o governo Bolsonaro — nesses trágicos quase 4 anos sob o...

Ricardo Patah

O enclave ideológico da extrema direita no Estado ou a nova direita brasileira

                                                                         Decorrente de motivos variados, nas últimas décadas ocorreu no Brasil um ressurgimento de ideários de direita, autodenominado de “liberalismo conservador”, que empolga segmentos de classe média, setores do empresariado e com repercussões importantes no estamento militar. No que se refere à sociedade civil é frágil, ou mesmo...

Clemente Ganz Lúcio

Sistema de relações sindicais no Brasil: diretrizes para construir novos horizontes

[caption id="attachment_64437" align="alignnone" width="1024"] Foto: Jaelcio Santana[/caption] As eleições brasileiras de 2022 abrem possibilidades de mudanças no rumo do desenvolvimento brasileiro. As crises econômicas recentes e as saídas pífias revelam um tecido produtivo fragilizado e sem indução e um país que se encontra nos piores patamares de investimentos produtivo e...

Luiz Carlos Motta

A importância de votar!

O tempo voa. Faltam apenas 14 semanas para as eleições deste ano, oportunidade em que os eleitores vão eleger seus representantes como deputado estadual, deputado federal, senador, governador de estado e Presidente da República. O primeiro turno ocorre dia 2 de outubro e, se houver segundo, dia 30. Pela Constituição...

João Guilherme Vargas Netto

Esperança de mudança

Quero registrar algumas vitórias recentes dos trabalhadores em sua luta sindical: a greve de 16 dias dos metalúrgicos da Renault, no Paraná, a laboriosa articulação dos frentistas no Congresso Nacional e nos tribunais evitando a extinção de sua categoria, as negociações vantajosas dos metalúrgicos da Caoa Chery garantindo benefícios aos demitidos e a greve de um dia dos motoristas e cobradores na cidade de São Paulo.

Clemente Ganz Lúcio

Espanha emite sinais para o mundo: nova regulação laboral para um mundo do trabalho em mudança

A regulação do trabalho e das relações sindicais na Espanha passaram recentemente por mudanças profundas e que foram concebidas a partir do paradigma de que é direito de todos o acesso a um posto de trabalho de qualidade. Concebe-se como um princípio que deve orientar a formulação e implementação das...

Paulo Henrique Viana, Paulão

Privatização do Parque Ibirapuera visou elitizar ainda mais o seu uso

Quem frequenta o Parque Ibirapuera já percebeu que por lá as coisas mudaram substancialmente depois da privatização desse importante espaço público, com um fluxo anual de 11 milhões de usuários/ano, mas que agora já não pode mais ser entendido dessa forma.  Segundo relatório da ONG Rede Nossa São Paulo  “As...