José Carlos Ruy

Em defesa do marxismo

Por José Carlos Ruy A campanha conservadora contra o marxismo é intensa; ela cresceu desde a campanha eleitoral de 2018 e, agora, sob o governo de direita de Jair Bolsonaro, alguns membros do governo federal multiplicam os ataques contra o que chamam de "cultura marxista", generalisando as acusações contra o...

Adilson Araújo

A privatização mata

Mais de 300 pessoas morreram em consequência do crime ambiental cometido pela Vale em Brumadinho (MG). Em novembro de 2015 ocorreu a ruptura de outra barragem da empresa, também em um município mineiro, Mariana, que fez 19 vítimas fatais, isto é contando só seres humanos. A destruição da flora e da fauna foi aterrodora e deu lugar a surtos de febre amarela, dengue e outras doenças.

João Guilherme Vargas Netto

A razão do Dr. Arouca

Em seus monumentais Comentários à Legislação Sindical, recentemente publicados, o professor José Carlos Arouca ao escrever sobre um novo sindicato – uma organização especial da classe trabalhadora considerada como um todo – pergunta: “Então por que um quadro de associados? Melhor seria, por certo, um sindicato geral, de todos”.

Silvia Barbara

Modelo chileno é alerta aos brasileiros

Em 12 de novembro de 2018, mais de 300 pessoas se reuniram no auditório do Dieese, na região central de São Paulo, para ouvir o chileno Mário Reinaldo Villanueva Olmedo, dirigente da Confederación de Profesionales Universitarios de la Salud (Fenpruss). O evento promovido por oito Centrais Sindicais também serviu para...

Cristiane Oliveira

Previdência: a mãe de todas as batalhas

Não será a primeira vez que enfrentaremos a complexa discussão sobre reformas no sistema previdenciário. Nos defrontamos com o tema no mandato-golpe de Temer, vencemos a luta pela nossa mobilização e, há que se considerar, pela fragilidade do então governo e sua pseudo base aliada. O momento agora é bem mais grave. Eleito por uma […]

Zoel Garcia Siqueira Siqueira

Brasileiro não é canibal, senhor ministro da educação

Foi esse título que o ministro da educação, Ricardo Vélez Rodríguez, deu aos jovens brasileiros que viajam ao exterior. Disse que não sabem se comportar e que roubam utensílios em hotéis e aviões.

João Guilherme Vargas Netto

A primeira batalha

Não se pode dizer que a plenária sindical de quarta-feira, dia 20, na Praça da Sé em São Paulo seja a batalha decisiva contra a deforma previdenciária. Isto porque a luta está apenas começando e percorrerá um longo caminho nas portas de fábrica e nos locais de trabalho, no Congresso Nacional e nos partidos, nos veículos de comunicação e nas redes sociais e nas ruas. Também porque até a manhã do dia 20 não se saberá ao certo qual deforma previdenciária pretenderá realizar o governo.

Carolina Maria Ruy

Partido da classe dominante, o Novo quer o velho Brasil

O Partido Novo tem alardeado por aí que quer devolver para os cofres públicos os R$ 4,3 milhões que já recebeu do Fundo Partidário. Isso pode até parecer um desprendimento, uma atitude altruísta que só visa o bem comum. Mas, se olharmos direito veremos que a real intenção do Partido Novo com esse tipo de […]

João Guilherme Vargas Netto

Boas maneiras?

Uma regra dos manuais de boas maneiras manda que se responda sempre uma carta recebida. O presidente Bolsonaro não tendo respondido até hoje a carta que lhe foi enviada no primeiro dia de seu governo pelas seis centrais sindicais reconhecidas incorre em violação desta regra mundana de bom tom, a menos que os serviços burocráticos da presidência e a própria internação hospitalar do presidente tenham dificultado o gesto de cortesia.

José Pereira dos Santos

É nosso dever alertar

Este artigo não tem lado partidário. É meu dever, porém, enquanto dirigente de classe, alertar para os ataques crescentes aos trabalhadores da ativa e aposentados. Não só alertar, mas também chamar os trabalhadores em geral a prestar atenção a recentes medidas do governo e propostas que estão sendo divulgadas. Todas muito ruins.