PUBLICADO EM 20 de Maio de 2020
COMPARTILHAR COM:

Sindicato prepara campanha pela reestatização da Embraer

O Sindicato está preparando uma ampla campanha pela reestatização da Embraer. O ato que marcará o início das atividades será dia 27, com transmissão ao vivo pelas redes sociais.

Está prevista a produção de vários materiais. Um deles será a cartilha “10 motivos para reestatizar a Embraer”, dirigida aos metalúrgicos.

Também serão produzidos vídeos, cartazes, outdoors e um hotsite que reunirá todo o material da campanha.

Em defesa do emprego

O Sindicato defende uma Embraer 100% estatal como forma de garantir os empregos e uma parte importante da soberania nacional.

“O acordo fracassado com a Boeing foi um alerta. Nossos empregos e vidas não podem ser reféns da vontade de acionistas. Por isso, iniciaremos a campanha pela reestatização”, afirma o diretor do Sindicato Herbert Claros.

Alta cúpula tem aumento de 17%

Após reduzir o salário dos trabalhadores durante a pandemia, a Embraer teve a cara de pau de aumentar em 17% a remuneração dos administradores da empresa.

São 29 privilegiados que fazem parte do Conselho de Administração, Conselho Fiscal e Diretoria, que dividirão um total de R$ 69 milhões.

Eles próprios definiram o aumento na Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária dos acionistas.

“Este é um exemplo de como a Embraer trata seus trabalhadores. Ela deve explicações por essa atitude”, afirma o diretor do Sindicato André Luis Gonçalves, o Alemão.

Fonte: Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos

ENVIE SEUS COMENTÁRIOS

QUENTINHAS