PUBLICADO EM 03 de abr de 2019
COMPARTILHAR COM:
Colunista Luiz Carlos Motta

Vozes amplificadas

Em 1º de abril completei dois meses de mandato como deputado federal, sem me distanciar das minhas responsabilidades sindicais. A experiência de parlamentar tem sido gratificante, mas também se apresentado como um grande desafio.

Na Câmara Federal é preciso exercer a arte de dialogar. Com base em claras e boas intenções, é necessário fazer articulações para, por exemplo, evitar novos retrocessos aos direitos dos trabalhadores, hoje ameaçados pela reforma da Previdência.

Numa Casa majoritariamente conservadora, contar com estas habilidades é fundamental, assim como manter a união com os seus pares e buscar convergências nas divergências, que não são poucas.

Respaldo
De modo muito modesto, reconheço que o sindicalismo comerciário paulista e a nossa UGT passou para mim estas competências. Mas, sozinho, elas não reverberam.

Na Câmara Federal, conto com o respaldo dos 71 sindicatos filiados à nossa Federação e dos filiados à nossa Central que estão levando para os locais de trabalho e para as redes sociais as ações que tenho desenvolvido em Brasília. Ao seguirmos juntos em nossas bases e no Congresso Nacional, a voz da classe trabalhadora será amplificada.

Luiz Carlos Motta é presidente da Fecomerciários, deputado federal e presidente licenciado da UGT-SP

 

ENVIE SEUS COMENTÁRIOS

QUENTINHAS