PUBLICADO EM 10 de abr de 2018
COMPARTILHAR COM:
Colunista Zoel Garcia Siqueira Siqueira

Por que o brasileiro não tem consciência social?

Por meio da investigação científica, a finalidade da sociologia é aumentar ao máximo o conhecimento do ser humano e da sociedade. Seus objetos de estudo são os fenômenos sociais, ou seja, tudo que se refere às relações entre pessoas, suas questões nos grupos sociais ou entre os grupos, dinamizando a comunidade.

O campo de estudo da sociologia é a sociedade e todas as suas particularidades, sejam políticas, econômicas, sociais, culturais, históricas etc. A matéria é importante porque nos permite compreender melhor a sociedade em que vivemos e, consequentemente, buscar soluções para a complexidade dos temas sociais.

A sociologia vem se tornando uma ciência imprescindível para o conhecimento da coletividade. E essa breve explanação sobre o objetivo da cátedra tenta responder à pergunta que dá título ao texto. Apesar da sua importante função para explicar o corpo social, ela está pouco valorizada em nosso país, principalmente nos bancos escolares.

Historicamente, essa importante ciência é sempre retirada dos currículos, como acontece agora, nas discussões e futura aplicação da ‘bncc’, a base nacional comum curricular do ensino médio. Mais uma vez, as ciências que objetivam criar cidadãos críticos e conhecedores dos males sociais terão pouca ou nenhuma valorização.

A escola é o ambiente para a busca de conhecimentos. Se esse objetivo básico é obstruído, como podemos formar gerações que desenvolvam preocupações sociais? Não é culpa dos brasileiros, mas sim da estrutura educacional falha, mais preocupada em formar o cidadão para o mercado de trabalho do que pessoas conscientes de sua posição social.

Já passou da hora de enxergarmos a educação como o único meio para sairmos da situação atual. O problema é o caminho a que estão levando a nossa educação. É o caminho mais distante para formar uma sociedade mais humanizada e consciente do ponto de vista social. Até quando?

Zoel é professor, formado em sociologia e diretor financeiro do Sindserv (sindicato dos servidores municipais) Guarujá

ENVIE SEUS COMENTÁRIOS

QUENTINHAS