Miguel Torres

15 de Setembro: Dia Internacional da Democracia

A democracia é para o Brasil e o mundo todo o melhor caminho para o desenvolvimento, a liberdade e a justiça social. No Brasil, depois do longo período ditatorial de 1964-1985, recomeçamos a trilhar este caminho, avançando no diálogo social, nas conquistas sociais, nos direitos e na proteção e seguridade...

Valdete Souto Severo

Frouxo!? A PEC 32 e o recuo do presidente

​ Valdete Souto Severo, (Arquivo Pessoal)No dia 7 de setembro, o presidente da República declarou em um palanque, ao som dos gritos histéricos de seus seguidores, que não cumpriria decisões do STF. No dia 9, em uma Declaração à Nação redigida por Michel Temer, pediu desculpas. Diante desse documento, foram...

Gilberto Almazan

Vamos à luta

No primeiro semestre deste ano, o Sistema de Acompanhamento de Greves do DIEESE registrou 366 greves no Brasil. Deste total, 92% com questões defensivas na pauta. Na esfera privada, a luta foi contra ilegalidades, como atrasos salariais. Este dado só reforça que o nosso comprometimento com a luta em defesa...

Professora Francisca

Impeachment Já para salvar o Brasil do fascismo, do retrocesso e da fome

Já passa da hora de tirar Jair Bolsonaro do cargo que ele nunca deveria ter ocupado. Ele mostrou total incapacidade para governar o Brasil. Nem setores da elite e do empresariado suportam as diatribes do pior presidente que o Brasil já teve. Ele somente chegou ao poder por causa de...

Igor Felippe Santos

A frustração do 12 de setembro

Os atos foram convocados por MBL e o Vem Pra Rua com dois meses de antecedência e foram recebendo algumas adesões com o passar do tempo. Figuras políticas que tentam se posicionar no tabuleiro entre Bolsonaro e as forças populares que integram as frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo manifestaram apoio e marcaram presença.

Eusébio Pinto Neto

Frentistas em alerta contra o self-service

Os trabalhadores em postos de combustíveis de todo o Brasil – Frentistas, por meio de seus Sindicatos e Federações, estão mobilizados contra a emenda à Medida Provisória 1.063/2021, apresentada pelo deputado Kim Kataguiri (DEM-SP). O objetivo da emenda é liberar o autosserviço (self-service) de combustíveis, o que ameaça diretamente os empregos de mais de 500 mil trabalhadores do setor.

Luiz Carlos Motta

Mortes de comerciários podem ter sido agravadas pela pandemia

O Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) está divulgando um levantamento comparativo sobre o número de comerciários mortos no Brasil, com dados que muito nos preocupam. O estudo mostra que, no primeiro semestre do ano passado, morreram 31 mil comerciários em todo o Brasil, sem citar as causas...

Marilane Oliveira Teixeira

Redução da jornada de trabalho: um debate necessário

É inegável a relevância do debate sobre a jornada de trabalho para a organização da vida social uma vez que a distribuição do tempo é um dos problemas centrais de todas as sociedades. Os tempos são recorrentemente transformados pelas mudanças econômicas, sociais e culturais, mas tais mudanças não se processam unicamente na esfera produtiva com o controle da extensão, distribuição e intensidade da jornada relativa ao trabalho remunerado, mas na forma como o trabalho reprodutivo está organizado e como mulheres e homens distribuem o seu tempo entre essas duas dimensões de forma articulada entre si. Apesar da grande capacidade do capitalismo em transformar as condições de trabalho, ele não foi capaz de eliminar a necessidade de um tempo necessário para a reprodução social de mulheres e homens.

Alex Saratt

Não é programa, não é eleição, é luta!

[caption id="attachment_69148" align="alignnone" width="1024"] Manifestação em SP, 26/02/2021. Foto: Roberto Parizotti.[/caption] Quando finalmente um setor do qual temos todas as divergências e antagonismos possíveis e imagináveis se decide pela política de lutar pelo afastamento do genocida e golpista do cargo de presidência, surge a antipolítica em sua visão e versão...

Miguel Torres

Todos juntos contra o desgoverno no dia 12/09

O Movimento Sindical, como protagonista histórico das lutas democráticas, fortalecido pela unidade de ação das centrais, estará presente no ato do dia 12 de setembro, pelo Impeachment urgente de Jair Messias Bolsonaro. O povo está cansado e estarrecido com as atitudes irresponsáveis do atual mandatário. Ele produz diariamente conflitos desnecessários patrocinando ataques às instituições democráticas, como o movimento sindical, Judiciário, Congresso Nacional, sistema Político-Partidário, Imprensa, Associações Livres, entre tantos outros, e destruindo relações diplomáticas que cultivamos ao longo de nossa história.