PUBLICADO EM 30 de jan de 2018
COMPARTILHAR COM:
Colunista Osvaldo Mafra

Reforma da Previdência é a entrega da aposentadoria para os bancos

O Governo Temer por diversas vezes falou que a Reforma da Previdência, ou DEforma da Previdência, como preferimos chamar, é por conta do déficit – que não existe –, no entanto, pouco se fala do quanto Temer está “investindo” em comerciais ou no troca-troca em emendas dos deputados para aprovar o projeto.

Essa é mais uma estratégia cruel dos banqueiros, que já lucram com as aposentadorias privadas. Com a DEforma da Previdência, só aumentaria os lucros.

O Governo admitiu que está a serviço dos bancos e das financeiras, que após a DEforma terá mais vazão e crescimento de aposentadorias privadas. E não acaba por aí. Sucatear a saúde pública é mais uma forma de incentivar o povo a pagar planos de saúde. Fomentando assim, que as trabalhadoras e trabalhadores se tornem refém dos bancos, seja na hora de aposentar, ou na hora de buscar atendimento médico, etc.

Os grupos empresariais, os maiores caloteiros e que tem dívidas enormes com a Previdência, estão cedendo espaços na mídia, ludibriando o povo e garantindo que a Reforma da Previdência é essencial para a sobrevivência do INSS. MENTIRA!

Empresário que defende a Deforma da Previdência não tem conhecimento de causa. Uma vez que não precisam do INSS para se aposentar. Os empresários brasileiros são os maiores sonegadores da Previdência.

Empresas como a Wolksvagem, JBS, Bancos Itaú, Bradesco, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, as extintas Varig e TV Manchete acumulam quase três vezes o chamado déficit da Previdência. Já o SBT, Globo, Bandeirantes e Record tem dividas bilionárias com a união. Assim como a Vale, Gerdau, Fibria, Eletropaulo, Braskem e o grupo Pão de Açúcar.

E não para por aí. Além de dívidas com o INSS, jornais e emissoras de TV somam bilhões em dívidas trabalhistas.

Os empresários pretendem acabar com a Previdência logo, pois não querem pagar o custo social. Continuam explorando o povo, que envelhece depois de uma vida toda trabalhando para esses empresários corruptos.

O trabalhador perde a sua juventude, sua saúde, abdica de momentos de lazer com a família e nem se quer podem contar com uma aposentadoria digna, por causa de empresários mercenários que não pagam seus impostos e muito menos o FGTS e a Previdência Social dos trabalhadores.

Precisamos deixar claro: quem financia o desmonte do Estado Brasileiro são os empresários que não precisam da Previdência para se aposentar. Quem paga a conta é o povo trabalhador.

Osvaldo Mafra, Presidente da Força Sindical-SC

 

ENVIE SEUS COMENTÁRIOS

QUENTINHAS