PUBLICADO EM 12 de jan de 2022
COMPARTILHAR COM:
Colunista Josinaldo José de Barros (Cabeça)

Política Não Morde

Precisamos perder o medo de discutir política, expor opiniões, confrontar pontos de vista e comparar programas de candidatos e partidos. Política não morde, não.

Precisamos parar de pensar que todos os políticos são iguais, que só servem a interesses privados e estão no poder para o enriquecimento ilícito.

Isso não é verdade. E qual a verdade? A verdade é que alguns são mais comprometidos com os interesses populares e da Nação e outros não têm esse compromisso. Os primeiros têm uma visão social e coletiva, enquanto os outros são submissos ao capital e às corporações financeiras de extrema direita.

Você, na hora de votar, precisa observar a conduta do candidato e se informar sobre como ele votou ou se comporta frente a determinados projetos. Ele apoia a saúde pública, ele combate a recessão econômica, ele é defensor da economia nacional, ele batalha pela educação?

Trabalhador. Se o seu deputado ou senador votou pela reforma trabalhista, a previdenciária e a favor das terceirizações, sinceramente, ele não é um bom político.

Se, aqui em Guarulhos, por exemplo, ele votou pelo fechamento da Proguaru e demissões em massa, se aprovou a taxa do lixo do Guti, pense bem: esse político não é amigo do povo e da cidade.

Quando a diretoria “Metalúrgicos em Ação” assumiu nosso Sindicato, eu disse que o debate político passaria a ser frequente em nossa entidade, perante a base, a classe patronal, os partidos e outros segmentos da sociedade.

Antigamente, tinha a desculpa de que a gente votava sem saber direito, votava enganado. Hoje, não dá mais. A pessoa pode acessar o site da Câmara, Senado, partidos, Tribunal Eleitoral, Congresso em Foco, Centrais Sindicais, Diap, Dieese, os grandes sites, os portais de esquerda etc. Está tudo lá, mastigado, traduzido em miúdos, preto no branco.

Te proponho um exercício. Procure saber como votam os federais e estaduais de Guarulhos, ou seja, o Eli Correia e o Alencar; o Nakashima, Jorge Wilson (Xerife do Consumidor). No caso dos estaduais, entre no site da Assembleia Legislativa e saiba mais.

Político tem medo é de gente informada, que questiona, cobra, aponta incoerências ou mesmo aplaude aquilo que está certo. Medo por quê? Porque cidadão informado não engole lorota e também, quando apoia alguém, seu apoio é consciente.

Devemos respeitar a opção política de cada pessoa e também os partidos que defendem a democracia e a justiça social. Mas é nosso dever apontar quem é antidemocrático e apoia políticas públicas injustas.

Daqui a poucos meses, muitos virão pedir nosso voto. Seja respeitoso com todos, mas não seja tolo. Portanto, se informe desde já. E nunca tenha medo de discutir seus pontos de vista, porque a sua opinião vale tanto quanto a minha ou a do Papa Francisco. A sua opinião lúcida, esclarecida, sem fanatismos…

Josinaldo José de Barros (Cabeça), presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos

As opiniões expostas neste artigo não refletem necessariamente a opinião do Rádio Peão Brasil

ENVIE SEUS COMENTÁRIOS

QUENTINHAS