PUBLICADO EM 16 de set de 2020
COMPARTILHAR COM:
Colunista Luiz Antonio Medeiros

Os trabalhadores precisam do auxílio de 600 reais!

Os trabalhadores brasileiros, neste contexto critico de pandemia que afeta fortemente a economia do país, precisam que o governo volte a pagar 600 reais de auxílio emergencial até dezembro, e não 300, como tem sido desde a publicação da Medida Provisória 1.000/2020 em 3 de setembro.

É com este valor irrisório que milhares de famílias brasileiras, prejudicadas pela pandemia do coronovírus, tem sobrevivido. São apenas 300 reais para alimentação, moradia, transporte, bens de consumo básicos, além de todas as outras necessidades.

O auxílio emergencial de 600 reais, por outro lado, é uma grande ajuda para os trabalhadores informais e de baixa renda, microempreendedores e contribuintes individuais do INSS. É também uma grande ajuda para mulheres chefes de família monoparental, que podem receber até 1.200 reais.

Estes valores, propostos pelas centrais sindicais ao Congresso Nacional, não só garantem a subsistência de brasileiros e brasileiras, como também promovem a injeção de bilhões de reais na economia, fomentando a atividade nas empresas e protegendo milhões de empregos.

Por isso é fundamental que o presidente da Câmara dos Deputados, o deputado Rodrigo Maia, coloque logo a MP em votação. Coloque em votação para que o Congresso Nacional modifique a proposta de rebaixamento e mantenha os 600 reais.

Luiz Antônio Medeiros é metalúrgico, diretor do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo, fundador da Força Sindical,  foi deputado federal e Secretário de Coordenação das Subprefeituras de São Paulo entre 2015 e 2016.

ENVIE SEUS COMENTÁRIOS

QUENTINHAS