economia

Desemprego aumenta e chega a 14,1 milhões

O número de pessoas desempregadas chegou a 14,1 milhões no trimestre encerrado em outubro. É um aumento de 7,1% em relação ao trimestre terminado em julho, o que representa 931 mil pessoas a mais à procura de emprego no país. Com isso, a taxa de desocupação ficou em 14,3%, um crescimento de 0,5 ponto percentual (p.p) em relação ao trimestre anterior. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), divulgada hoje (29) pelo IBGE.

economia

Caixa encerra hoje etapa de pagamentos do auxílio emergencial

Banco faz o último crédito a beneficiários nascidos em dezembro

economia

Fim do auxilio emergencial agravará desemprego e pobreza. ‘Cenário triste em 2021’

Após resistir a benefício de R$ 600, reduzir a R$ 300 e decretar fim do auxílio emergencial, governo levará economia a mais desemprego e castigará informais

economia

Programa de redução de salário e suspensão de contratos de trabalho chega ao fim na 5ª

A reportagem da jornalista Marta Cavallini, para o portal G1, esclarece que as empresas devem encerrar os acordos feitos com os funcionários, que têm direito a estabilidade pelo mesmo período em que tiveram a relação de trabalho alterada. Veja como ficam os trabalhadores

economia

Confiança da Indústria atinge o maior valor desde maio de 2010

O Índice de Confiança da Indústria (ICI) da Fundação Getulio Vargas avançou 1,8 ponto em dezembro, atingindo 114,9 pontos, o maior valor desde maio de 2010 (116,1 pontos). O ICI encerrou o quarto trimestre com média de 113,1 pontos, 14,7 pontos a mais do que a média do terceiro trimestre (98,4 pontos).

economia

Expectativa com inflação atinge maior patamar do governo Bolsonaro

Pesquisa Datafolha mostra que 72% dos entrevistados disseram que a inflação vai aumentar em 2021. Percepção dos brasileiros está em linha com as projeções de mercado

economia

Belluzzo: ‘sem auxílio emergencial economia em 2021 terá danos consideráveis’

Economista destaca que, sem o auxílio emergencial, não teria havido a recuperação modesta no terceiro trimestre, utilizada pelo governo para justificar o fim do benefício

economia

Mudar ou ser mudado; opinião de Luiz Carlos Azedo

Nada será como antes depois de controlada a pandemia — no decorrer de 2021, na maioria dos países desenvolvidos —, um novo ciclo de globalização está sendo iniciado

economia

Em cerca de 28,1 milhões de domicílios, algum morador recebeu auxílio emergencial

A PNAD COVID19, divulgada hoje (23) pelo IBGE mostra que em 41,0% domicílios ao menos um morador recebeu algum auxílio do governo para enfrentar a pandemia em novembro. No mês anterior, esse percentual foi de 42,2%. Foram atendidos cerca de 28,1 milhões de domicílios em novembro frente aos 29,0 milhões de outubro. O valor médio do benefício recebido pela população foi de R$ 558 por domicílio.

economia

Desemprego aumenta e atinge 14,0 milhões de pessoas

Em novembro, a taxa de desocupação, medida pela PNAD COVID19, chegou a 14,2%, a maior da série histórica da pesquisa, iniciada em maio. Isso corresponde a 14,0 milhões de pessoas sem trabalho no país, em outubro foram 13,8 milhões. Os dados são da última edição da PNAD COVID19, divulgada hoje (23) pelo IBGE.