cultura

Benedito João dos Santos Silva Beleléu, Vulgo Nego Dito

Essencial em Itamar era sua condição de homem bruto e marginal na concretude da cidade

cultura

Arte de rua em Sampa; streetart 29

cultura

Guilherme Arantes canta: Fantoches

Apresentada no Festival da Nova Música Popular Brasileira - MPB 80 da TV Globo e gravada no álbum Coração Paulista, de 1980, Fantoches elenca alguns caracteres odientos das pessoas que costumam ser desleais nos ambientes de trabalho. Com uma pegada blues, Fantoches também pode ser ouvida como uma crítica aos podres poderes no Brasil e no mundo, de épocas passadas e da atualidade.

cultura

Destacamento Blood é um filme humanista e de reconciliação

Em Destacamento Blood ele fala dos negros que foram para a guerra do Vietnã. Uma estatística se soma aos fatos vexaminosos daquele sangrento episódio da nossa história: na época da guerra a população de negros nos EUA era de 12%, mas, dos jovens enviados para o Vietnã, mais de 30% eram negros. Este dado nos convida a refletir se para o governo americano, em especial para os governos que atravessaram os 20 anos daquela guerra, vidas negras importam.

cultura

Mauá – O Imperador e o Rei marca contexto que antecede a proclamação da República no Brasil

Empreendedor e visionário, o Barão de Mauá nasceu Irineu Evangelista, em Arroio Grande, Rio Grande do Sul, em 28 de dezembro de 1813. Ao longo da vida foi empresário, industrial, banqueiro, político e recebeu os títulos nobiliárquicos de barão (1854) e de visconde com grandeza (1874) de Mauá. Embora gaúcho de nascença, é no Rio de Janeiro que sua história começa. O ano de sua chegada coincide com o da independência do Brasil (1822), no contexto da vinda da família real portuguesa para o Brasil. Escravidão, absolutismo, colônia, velhos barões e seus privilégios anacrônicos caracterizavam uma ordem dominante, que já não prosperava e que não fazia mais sentido para o mundo, a despeito da resistência de quem dela se beneficiava.

cultura

Arte de rua em Sampa, Streetart 28

cultura

Led Zeppelin IV, lançado há 50 anos combinou contrastes e mudou a história do rock

cultura

20 anos da série 24 horas: Jack Bauer encarna o vale tudo da política americana

cultura

Arte de rua em Sampa; Streetart 27

cultura

A humanidade luta para construir o mundo novo onde predomine o amor

Nesta edição, as três canções selecionadas constam da trilha sonora do filme Marighella (2019), de Wagner Moura. Elas reforçam a sensação de ação e de chamamento para a resistência. Como canta Gonzaguinha (1945-1991) sobre a tentativa de apagar da história a resistência contra a ditadura (1964-1985) .