PUBLICADO EM 01 de jun de 2018
COMPARTILHAR COM:
Colunista Emanoel Souza

Comunicação sindical na ordem do dia

A conjuntura atual, mais do que nunca, põe na ordem do dia o fortalecimento da comunicação sindical.

A luta de idéias nos impõe a construção de mais e melhores instrumentos de informação que façam o contraponto ao discurso hegemônico da grande imprensa monopolizada por poucas empresas. As novas tecnologias faz das redes sociais um espaço importante de atuação, no entanto precisamos ter claro que elas não substituem a imprensa sindical tradicional.

Assim, ao mesmo tempo em que precisamos formar uma militância digital numerosa e capacitada, precisamos também chegar mais perto das bases e para tanto jornais impressos e o bom é velho carro som não devem ser desprezados.

Na internet, a tarefa central no momento é formar redes confiáveis, eficientes e produzir conteúdos atraentes e de fácil absorção.

A comunicação sindical precisa também dialogar para além das categorias. Falar a toda a sociedade e disputar a narrativa é tarefa importante, em especial num momento como o atual onde os direitos trabalhistas, os movimentos sociais e sindicais vivem sobre ataque cerrado de um Estado de Exceção, uma verdadeira ditadura jurídico, empresarial mediática.

Desta forma, a despeito das dificuldades financeiras porque passam as entidades, precisamos ter claro que investir na comunicação sindical é estratégico para o enfrentamento do golpe.

Emanoel Souza é secretário de Comunicação da CTB Bahia

ENVIE SEUS COMENTÁRIOS

QUENTINHAS