PUBLICADO EM 02 de out de 2018
COMPARTILHAR COM:
Colunista Miguel Torres

Fim do 13º salário: alegria dos endinheirados e a tristeza do Natal dos trabalhadores

O candidato a vice-presidente da República na chapa de Jair Bolsonaro (PSL), o general da reserva Hamílton Mourão (PRTB), voltou a se declarar contra o pagamento do 13º salário aos trabalhadores e trabalhadoras.

Além de não ter obedecido a ordem de seu “chefe” para ficar calado, Mourão revela de novo a pretensão de governar só para os ricos, contra os direitos da classe trabalhadora.

Pense bem: vamos entregar o comando do País para esta dupla antissocial, sem noção alguma sobre o que é realmente importante para a retomada do desenvolvimento?

O 13º salário é uma conquista histórica dos trabalhadores que, junto com outros benefícios e direitos trabalhistas, move a economia, o comércio, a indústria e o serviços. Precisa ser respeitado e preservado.

Miguel Torres
presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes e da CNTM e interino da Força Sindical

ENVIE SEUS COMENTÁRIOS

QUENTINHAS