PUBLICADO EM 04 de jul de 2020
COMPARTILHAR COM:

Leonardo Villar, ator de Pagador de Promessas, morre aos 96 anos

O ator Leonardo Villar morreu hoje (3), em São Paulo, aos 96 anos, vítima de uma parada cardíaca. Nascido em Piracicaba, em 25 de julho de 1924, Villar ficou internacionalmente conhecido após interpretar a personagem Zé do Burro em O Pagador de Promessas, de 1962. O filme foi vencedor da Palma de Ouro do festival de Cannes, na França.

 

Leonardo Villar trabalhou também em filmes como Procura-se uma Rosa; Lampião, o Rei do Cangaço; e Samba. Na TV, participou de dezenas de novelas, entre elas Pé na Jaca, Passione, Ossos do Barão, Estúpido Cupido, O Fiel e a Pedra, Marquesa de Santos, Barriga de Aluguel, e Amazônia.

No teatro, Villar teve passagem marcante no Teatro Brasileiro de Comédia (TBC), com participações em peças como Pedreira das Almas e Um Panorama Visto da Ponte.

O pagador de Promessas ganhou a Palma de Ouro no Festival de Cannes. É um filme de drama brasileiro do ano de 1962 escrito e dirigido por Anselmo Duarte.

Baseado na peça teatral homônima do dramaturgo Dias Gomes, é até hoje o único filme brasileiro e o Brasil um dos dois únicos países (o outro são os Estados Unidos) do continente americano a conquistar a Palma de Ouro, prêmio máximo do Festival de Cannes, na França, o maior e mais importante festival de cinema do mundo.

O Pagador de Promessas também se tornou o primeiro filme da América do Sul a ser indicado ao Óscar de Melhor filme estrangeiro, embora tenha perdido o prêmio para o francês Les dimanches de Ville d’Avray durante a cerimônia de 1963.

Em novembro de 2015 o filme foi eleito o 9º melhor filme brasileiro pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine) na divulgação da lista dos 100 melhores filmes brasileiros de todos os tempos.

Confira:

ENVIE SEUS COMENTÁRIOS

QUENTINHAS