PUBLICADO EM 01 de jul de 2022
COMPARTILHAR COM:
Colunista Geraldino dos Santos Silva

Pelo fortalecimento do movimento sindical e dos partidos populares

A Secretaria Nacional do Movimento Sindical do Solidariedade, juntamente com a Fundação 1º de Maio, promoveram um importante Encontro, nos dia 23 e 24 de junho de 2022, em São Paulo. Um evento grandioso, com representantes de todas as regiões do País, quando debatemos como agir coletivamente em prol de todos, seja o movimento sindical, seja o partido Solidariedade.

Importante destacar que tivemos a oportunidade, durante os dois dias, de debater de forma democrática, ouvir propostas, trocar experiências, esclarecer dúvidas sobre o processo eleitoral e ouvir palestras sobre história do movimento sindical, como funciona organicamente o Congresso Nacional e sobre nossas tarefas para durante e o pós período eleitoral.

Durante a abertura, a historiadora e jornalista, Carolina Maria Ruy, fez uma palestra retratando a história do movimento sindical, com enfoque neste século e nas chamadas jornadas de junho de 2013 e suas consequências. Já o analista político do Diap (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar), André Luis dos Santos, explanou sobre os princípios da política e apresentou como é a organização e o funcionamento do Congresso Nacional. O sociólogo e assessor do Fórum das Centrais Sindicais, Clemente Ganz Lucio, falou sobre os reflexos da vida política na vida dos trabalhadores e como devemos organizar grupos de pressão para termos um protagonismo forte e atuante no movimento sindical .O ex-ministro, Antonio Magri, finalizou., narrando em tom de depoimento, como foram algumas lutas no passado recente e a importância das entidades sindicais atuarem coletivamente em busca de mudanças em toda a sociedade.

Também organizamos palestras com objetivo trazer para o debate e esclarecer sobre as transformações da era digital nas eleições. Como usar, de forma correta e dentro legislação, as mídias digitais, e os impactos da moderna tecnologia no universo comunicativo da vida política na atualidade.

Com aproximação das eleições também estiveram no centro do debate: a crise econômica que vem há tempos no País como a carestia, fome, inflação alta, gasolina e diesel com preços exorbitantes, juros altos, crédito caro, queda na produção e no consumo e uma taxa de desemprego que não pára de crescer, castigando muito toda a sociedade.

.Por isso, ressaltamos a importância de unir forças, trabalharmos conjuntamente por candidaturas que estejam comprometidas com as propostas da Classe Trabalhadora e nos fortalecermos, construindo propostas e programas viáveis para, juntos, sermos protagonistas na participação e construção em um país mais digno e justo.

Destaco aqui também a importância de incentivarmos a participação efetiva de sindicalistas no partido Solidariedade, que nasceu e tem em seu DNA o movimento sindical. Vamos juntos, unir forças, fortalecer nosso partido.

Quero agradecer o presidente nacional do Solidariedade, Paulinho da Força, e a Fundação 1º de Maio, através de sua presidente, Samanta Costa, e toda equipe que contribuiu para a organização e realização deste evento democrático que deu uma importante contribuição para o fortalecimento da luta do movimento sindical e partidária.

Geraldino dos Santos Silva é Secretário nacional do Movimento Sindical do Solidariedade

As opiniões expostas neste artigo não refletem necessariamente a opinião do Rádio Peão Brasil

ENVIE SEUS COMENTÁRIOS

QUENTINHAS