PUBLICADO EM 13 de set de 2023
COMPARTILHAR COM:

UGT participa de ato em solidariedade aos trabalhadores Chilenos

UGT, em solidariedade aos trabalhadores chilenos, participa de ato contra violações trabalhistas da Riplay, Falabella e Cencosud

UGT participa de ato em solidariedade aos trabalhadores Chilenos

UGT participa de ato em solidariedade aos trabalhadores Chilenos

A União Geral dos Trabalhadores (UGT) participou, na manhã desta terça-feira (12/09), de um ato em solidariedade aos (as) trabalhadores (as) chilenos das empresas Riplay, Falabella e Cencosud.

A manifestação organizada pela UNI Américas reuniu representantes do Sindicato dos Comerciários de São Paulo (SECSP) e Contracs-CUT.

De acordo com Allan Hayama, da UNI Américas, o ato é uma ação mundial que aconteceu por conta da política institucional da empresa.

A empresa, multinacional com sede no Chile, que vem violando direitos trabalhistas, com práticas antissindicais e assédio moral.

Essas práticas dificultam o diálogo dos trabalhadores, principalmente no território chileno.

O cônsul-geral do Chile, Juan Carlos Salazar-Álvares atendeu uma comissão compostas por Maria das Graças da Silva Reis, diretora do Sindicato dos Comerciários de SP e representante da UGT, Allan Hayama, UNI Américas e Julimar Roberto, presidente da Contracs-CUT.

Durante o encontro, Juan Carlos recebeu uma carta, assinada por todas as entidades presentes.

Ele ressaltou a importância de sindicatos de diversos países realizarem um ato em solidariedade aos trabalhadores chilenos, já que é importante os sindicatos conversarem entre si.

O diplomata se comprometeu a levar essa reivindicação ao embaixador que fará a ponte para conseguir o diálogo com os (as) representantes das empresas.

com informações da UGT

Miguel Torres fala sobre política e sindicalismo no Sintrabor

ENVIE SEUS COMENTÁRIOS

QUENTINHAS