PUBLICADO EM 30 de jul de 2018
COMPARTILHAR COM:

UGT realiza seminário sobre negociação coletiva e contribuição

Miguel Torres participa de evento e defende a unidade de ação. “A unidade de ação sindical demonstra nossa força perante o setor patronal”, diz o sindicalista.

Foto: Arquivo

A União Geral dos Trabalhadores São Paulo, sob a presidência interina de Amauri Mortágua, está realizando nesta segunda, terça e quarta-feira, no Centro de Lazer dos Comerciários, em Praia Grande, um Seminário para discutir o movimento sindical, negociação coletiva pós-reforma trabalhista para o fechamento de convenções coletivas fortes e o custeio sindical.

O presidente interino da Força Sindical, Miguel Torres, também presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi e da CNTM, participou da abertura e defendeu a unidade de ação sindical como demonstração de força perante o setor patronal e de representatividade cada vez maior e melhor da classe trabalhadora.

“Nossas lutas de resistência são fundamentais para combater a ideia de isolamento do trabalhador nas relações de trabalho e garantir a manutenção das estruturas de lutas do movimento sindical em defesa dos empregos, da retomada do desenvolvimento, da aposentadoria e dos direitos da classe trabalhadora”, disse Miguel Torres.

O evento conta com a participação de dirigentes sindicais de várias categorias filiadas à UGT, professores, cientistas sociais, juízes, desembargadores, procuradores do Trabalho e advogados e terá suas discussões encaminhadas por meio de estudos temáticos, com supervisão do Dieese.

ENVIE SEUS COMENTÁRIOS

QUENTINHAS