PUBLICADO EM 13 de maio de 2019
COMPARTILHAR COM:
Colunista Miguel Torres

As normas de segurança são fundamentais para a saúde e para a produção

Vejam só este absurdo: segundo noticiado pela Imprensa, como por exemplo no portal Globo, o governo quer reduzir em 90% as normas de segurança e saúde do trabalho no País.

Se isto ocorrer, os trabalhadores e as trabalhadoras vão estar sujeitos a muito mais riscos de acidentes, de mutilações, de doenças profissionais e de vida.

É mais uma prova da total falta de sensibilidade social e de humanidade deste governo, que finge estar preocupado com a economia, mas na verdade quer destruir normas (NRs) que são importantes, não só para a classe trabalhadora, mas para o próprio Estado brasileiro, para os setores produtivos do empresariado e para toda a sociedade.

Vamos nos mobilizar também contra mais esta criminosa tentativa de destruir direitos e defender os avanços na área de saúde e segurança do trabalhador.

Miguel Torres é presidente da Força sindical, CNTM e Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes

ENVIE SEUS COMENTÁRIOS

QUENTINHAS