trabalho

Sindicato dos Comerciários de SP defende trabalhadores em ações na Justiça

O Sindicato dos Comerciários de São Paulo repassou cerca de R$ 5 milhões aos trabalhadores ao longo do ano de 2018. O valor se refere a ações movidas pelo Sindicato contra empresas que não cumpriram com seus deveres trabalhistas. "Tudo graças ao trabalho efetivo do nosso departamento jurídico", afirma Ricardo Patah, presidente da entidade.

trabalho

Juruna, da Força, defende diálogo sindical com os Três Poderes

As seis principais Centrais Sindicais encaminharam dia 1º de janeiro Carta ao presidente Jair Bolsonaro, cobrando do governo entendimentos com o sindicalismo. No documento, CUT, Força Sindical, CSB, CTB, Nova Central e UGT reafirmam posições, defendem direitos e propõem diálogo. A Carta também menciona Federações e Confederações, reforçando o sistema Confederativo, conforme a Constituição de 1988.

trabalho

Cubatão: empresa de ônibus pagará salário atrasado nesta terça

A categoria já fez greves e paralisações em várias oportunidades, além de muitas assembleias diante da garagem da empresa, na Rua Tenente Coronel PM Geraldo Aparecido Corrêa, 60, Vila Elizabeth.

justica

Justiça do trabalho: em resposta a Bolsonaro, juízes convocam ato em SP

Os juízes do Trabalho preparam uma “resposta” a Jair Bolsonaro. Preocupados com a sinalização do presidente que, em entrevista ao SBT, na semana passada, admitiu a possibilidade de extinção desse ramo do Judiciário, os magistrados convocam ato da categoria para o próximo dia 21, às 10 horas.

trabalho

Frentistas de São Paulo abrem camapanha salarial

A Federação dos Frentistas de SP - Fepospetro- aprovou, em conjunto com os seus dezessete sindicatos filiados, a pré-pauta de reivindicações da categoria, e as estratégias para a campanha salarial 2018-2019 dos cem mil trabalhadores em Postos de Combustíveis e Lojas de Conveniência em São Paulo.

trabalho

O salário mínimo passou a R$ 998,00; o DIEESE explica porque

A política de valorização do salário mínimo foi conquistada como resultado da ação conjunta das Centrais Sindicais, por meio das “Marchas a Brasília”. As marchas foram realizadas anualmente no fim de cada um dos anos entre 2004 e 2009. As duas primeiras marchas, em 2004 e 2005, conquistaram reajustes expressivos para o salário mínimo nos anos seguintes.

trabalho

Fim anunciado: justiça do Trabalho na mira do novo governo

Em sua primeira entrevista, após ter tomado posse, o presidente Jair Bolsonaro, afirmou que o governo poderá propor a extinção da Justiça do Trabalho, transferindo para a Justiça comum as ações trabalhistas.

economia

Paulo Guedes diz que vai abandonar ‘a CLT, Consolidação das Leis do Trabalho’

Guedes chamou de "fascista" a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e prometeu substituí-la por uma carteira de trabalho "verde e amarela"

justica

MP de Bolsonaro que extinguiu Ministério do Trabalho é alvo de ação no STF

Medida Provisória 870, da reforma administrativa, é questionada pela Federação Nacional dos Advogados; na ação, a entidade alega que tem legitimidade para entrar com o processo no Supremo

economia

Bolsonaro aproveitará reforma da Previdência apresentada por Temer

Segundo Marinho, o texto "mais definitivo" da proposta de reforma da Previdência será construído ao longo desse mês para poder ser apresentado a partir da próxima legislatura.