historia

Giordano Bruno, o místico ‘visionário’ queimado na fogueira há 418 anos

Há 418 anos, em 17 de fevereiro de 1600, uma quinta-feira ensolarada, Roma presenciou um espetáculo dantesco. Centenas de pessoas lotaram o Campo dei Fiori (Campo das Flores), uma praça no centro da cidade, para assistir à morte na fogueira de Giordano Bruno, por ordem da Santa Inquisição. O padre, filósofo, místico, poeta, autor de […]

historia

Brasil não soube assimilar entrada do povo na vida política, diz historiador

Há o povão das políticas sociais, sobretudo do Bolsa Família. Há o povo muito aguerrido formado por operários e setores da classe média. Há o povo que foi à rua em 2013, de comportamento errático. E há o povo das redes sociais, de impacto crescente na política, mas ainda de difícil avaliação. Por José Murilo […]

historia

Caó: morre ex-deputado baiano autor de lei que tornou racismo crime inafiançável

Jornalista e advogado, Carlos Alberto Oliveira dos Santos, o Caó nasceu em Salvador e foi autor da Lei 7.437/85, conhecida como Lei Caó, que mudou o texto da Lei Afonso Arinos, de 1951, e tornou contravenção penal o preconceito de raça, cor, sexo e estado. Foi 1 deputado nota 10 do DIAP na Constituinte. Como […]

historia

75 anos de Stalingrado: o decisivo papel das mulheres na maior batalha da Segunda Guerra

Passaram-se 75 anos do final daquela que foi certamente a maior batalha da Segunda Guerra Mundial, 75 anos desde o momento em que os russos, seus aliados e milhões de pessoas de todo o mundo deram um suspiro de alívio coletivo. Todos vinham acompanhando as informações de Stalingrado com angústia e de forma compulsiva, haviam […]

economia

Da Roma Antiga ao século 20, violência foi fator-chave para reduzir desigualdade, diz historiador

O nivelamento, de forma geral, é por baixo: os choques de violência fazem com que todo mundo fique 'mais pobre' do que antes, mas, como os ricos têm mais a perder, destaca Scheidel, a distância entre as classes mais abastadas e as menos favorecidas diminui.

entrevista

Para Derly José é importante entender o que aconteceu nos anos de chumbo para que não aconteça novamente

"Se alguém pegou em armas para derrubar Jango nós tínhamos o direito absoluto de pegar em armas para nos defender. E foi isso o que fizemos. Foi isso o que fizemos durante os chamados anos de chumbo".

historia

Dia de Martin Luther King: o líder que se confunde com a história dos Direitos Civis

Nesta segunda-feira é comemorada a data que este ano coincide com seu aniversário

entrevista

Sindicato era ainda Associação dos Metalúrgicos de São Bernardo”, afirma Derly

"Quando eu cheguei a São Bernardo, em 1960, e fui trabalhar na Villares (1), o Sindicato ainda não era Sindicato. Era Associação dos Metalúrgicos de São Bernardo. Essa foi a primeira diretoria [aponta para o site ABC de Lutas], de 1963 a 1965. Eu entrei nesta diretoria como primeiro suplente. Dela só temos três companheiros vivos, José Fernandes, eu e o Castro [Orisson S. de Castro]. Essa foi a diretoria cassada em 1964. O terreno onde é a sede do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo era uma chácara, eu que comprei. Já tínhamos o projeto e dinheiro em caixa para fazer a sede, quando veio o golpe. Aí foi feita a intervenção. De vez em quando faziam eleições, aí nossas bases, clandestinas, ganhavam, eles cassavam de novo, e isso foi até a eleição de 1971. Na eleição de 1971 foi quando o Lula saiu da nossa chapa e entrou na chapa do interventor. E a partir daí entrou todo um processo."

historia

Lições para 2018 de um dos anos mais tumultuados da América

Eleição de Richard Nixon; assassinatos de Martin Luther King Jr e Robert F. Kennedy; e generalizados protestos contra o racismo, sexismo, e contra a Guerra do Vietnã. Adiante do 50º aniversário desses eventos que chacoalharam o mundo, as questões e preocupações que então dirigiam a conversação nacional continuam surpreendentemente relevantes. Aqueles que viveram e estudaram 1968 apontam lições que o ano pode transmitir para entender o país hoje.

cultura

Em Gramsci “Odeio o Ano Novo” avalia a hipocrisia histórica da data comemorativa

O marxista italiano Antonio Gramsci, membro-fundador e secretário-geral do Partido Comunista da Itália, e deputado pelo distrito do Vêneto, foi o pensador que ajudou o eurocomunismo no processo político. De família pobre, as dificuldades materiais moldaram sua visão do mundo e tiveram grande peso na sua decisão de filiar-se ao Partido Socialista Italiano. Quando ainda […]