cultura

Para Joães, meus tios ferroviários; conto; por José Aparecido Pereira

cultura

Os Paralamas do Sucesso canta: Alagados

Na década de 1980, na favela da Maré, resistiam bravamente diversas colônias de pescadores. Resistiam porque a poluição, decorrente da aglomeração urbana, matou a vida marina da Baía de Guanabara, acabando com o sustento daqueles trabalhadores. A esperança, para eles, não vinha mais do mar, nem, tampouco, das antenas de TV, que se difundiram nas […]

cultura

Arte de rua, street art em Sampa

cultura

O rock e o espírito da juventude da sociedade industrial

O rock é produto de um mundo acelerado, desarmônico e inseguro, traduzindo uma nova mentalidade social, urbana, com mais acesso ao consumo e à informação e, ao mesmo tempo, assombrada pelas injustiças e contradições resultantes deste mundo.

cultura

Chico Buarque canta: ‘Pedro Pedreiro’; música

Pedro, pedreiro, penseiro, são metáforas da rusticidade, da monotonia, do tédio, da incapacidade de intervir e da dureza do trabalho do operário.

cultura

João Gilberto (1931-2019)

Bob Dylan, ao responder certa vez que estava cantando melhor, citou que sim, mas "não ainda como um João Gilberto".

cultura

Arte de rua, street art em Sampa

cultura

Zeca Baleiro canta: ‘Eu despedi o meu patrão’; música

A música brinca com os conceitos marxistas de "mais valia" e "valor de troca". Segundo Karl Marx o conceito de troca entre mercadorias, consiste em o trabalhador vender sua força de trabalho em troca de salário.

cultura

O debate sobre arte precisa ir além de dogmas e preconceitos

O limite é estreito, não entre arte "comercial" e "autêntica" - mas entre "arte", simplesmente e aquela que as pretensas elites culturais aprovam, com o rótulo de "cult". E os critérios para a determinação deste rótulo também expressam uma postura política de gueto, fechada a poucos “iluminados”.

cultura

Arte de rua, Street art em Sampa