politica

“O maior risco da eleição é o de um Governo fraco”, afirma Bolivar Lamounier

Autor de livros como a Classe Média Brasileira: ambições, valores e projetos de sociedades (Ed.Campus, 2009) e Os Partidos e as Eleições no Brasil (Editora Paz e Terra,1975), que escreveu ao lado de Fernando Henrique Cardoso, ele apontou em uma entrevista por e-mail qual sua visão para o cenário eleitoral neste ano e afirma que os riscos da fragmentação política vão além das eleições: podem se refletir em um Governo fraco e pouco representativo.

politica

O fim do padrão junho de 2013; Análise

politica

Manifesto contra perseguição a Lula chega a 80 mil assinaturas

O manifesto “Eleição sem Lula é Fraude”, lançado por intelectuais na semana passada, alcançou 80 mil adesões nesta quarta-feira (27/12). 

politica

O desafio do Brasil: pacto desenvolvimentista que una trabalhadores e empresários

"Cabe a nós cidadãos, trabalhadores, estudantes, empresários, a todos que precisam e querem um país forte e pulsante, nos debruçar sobre os rumos que nosso país tem tomado e assumir uma atitude propositiva sobre o futuro".

entrevista

A formação de militantes era extremamente débil, explica Marco Antônio Coelho

Rádio Peão Brasil publicará uma série de  entrevistas que ajudam a compreender nosso país. Começamos com entrevista de Marco Antônio Tavares Coelho, advogado e jornalista mineiro . Nascido em Belo Horizonte, em 1926, ele era o último remanescente da cúpula do PCB em 1964, atuando junto com Luiz Carlos Prestes, então secretário-geral do partido. Quando houve o golpe militar no país, destituindo João Goulart, Marco Antônio era deputado federal pelo estado da Guanabara e teve seu mandato cassado. Ele foi preso e torturado pelo governo militar, época que conta em sua memória Herança de um sonho: Memórias de um comunista (Record, 2000).

politica

Maioria dos brasileiros rejeita privatizações

Segundo aponta levantamento do Datafolha, sete em cada dez brasileiros são contra as privatizações; maioria (67%) da população também vê mais prejuízos que benefícios na venda de companhias brasileiras para grupos estrangeiros; único cenário em que a ideia é aceita pela maioria é entre aqueles com renda superior a dez salários mínimos por mês, dos quais 55% se disseram favoráveis; aceitação cai conforme diminui a renda familiar mensal

politica

Voto impresso deve ser implementado ainda em 2018

politica

Priorizar Parlamento contra mais retrocesso, diz Toninho do DIAP

Se 2017 já foi um ano adverso do ponto de vista social e trabalhista, o próximo poderá trazer ainda mais perdas se os movimentos sindical e sociais não priorizarem suas bancadas no Congresso, alerta o analista político Antônio Augusto de Queiroz, o Toninho, diretor do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP). "O risco de sequer repor as bancadas atuais é grande, há um risco de redução da representação", afirma Toninho. O Parlamento atual já foi considerado pelo próprio DIAP como talvez o mais conservador desde a redemocratização brasileira. 

politica

Maluf e a chocante covardia que se tornou justiça brasileira, afirma historiador

Historiador Fernando Horta destaca que "quem está sendo preso não é aquele Maluf que roubava e tinha desde delegado até presidente para lhe proteger as costas. Aquele Maluf que sambou na cara do povo brasileiro por décadas. O que está sendo preso é um velho doente, sem mais qualquer ligação ou serventia aos atuais corruptos"; para Horta, "o Maluf que está sendo preso é usado como troféu para mostrar como as 'instituições brasileiras estão funcionando'"

politica

Governo de São Paulo se diz vítima de carteis de empreiteiras

Na manhã desta quarta-feira (20), o governo de São Paulo comunicou que vai pedir ressarcimento às empresas que formaram cartéis para a construção de obras viárias na cidade de São Paulo; em nota, governo afirmou que todas as obras foram licitadas de acordo com a lei e que vai cobrar as responsabilidades devidas caso tenha havido conduta ilícita; governo alega ter sido "vítima" e ameaça acionar judicialmente as empresas, segundo a Procuradoria Geral do Estado; obras suspeitas envolvem intervenções viárias, como a construção do trecho Sul do Rodoanel, e linhas do Metrô; procurador-geral do estado, Elival da Silva Ramos, disse que o pedido de ressarcimento civil é uma função do governo estadual