politica

Corrupção: primeiras-damas passam a integrar lista de investigados

Caso mais recente é de Edilene Oliveira, mulher do ex-governador do Amazonas José Melo; eles são acusados de desviar R$ 50 milhões da área da saúde

politica

S&P rebaixa rating do Brasil, de BB para BB-, com perspectiva estável

politica

Mesmo barrada pela justiça, Cristiane Brasil já comanda Ministério do Trabalho; pode?

Deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) foi indicada por Michel Temer para o Ministério do Trabalho, mas não pode assumir a pasta por decisão judicial;  ministro interino, o advogado carioca Helton Yomura é aliado da deputada do PTB; Cristiane se aproximou de Yomura na prefeitura do Rio, quando ocupou cargos na gestão do prefeito Eduardo Paes, que governou a cidade de 2009 a 2016

politica

“Se quiserem tirar o Lula, tem que ser na eleição, no voto”, diz Paulinho da Força

politica

Sindicalistas lançam campanha para mostrar ‘inconsistências’ contra Lula

Foi lançada nesta segunda-feira, em São Paulo, a campanha "Cadê a prova?", iniciativa de sindicalistas e representantes de movimentos sociais para denunciar a perseguição judicial sofrida pelo ex-presidente Lula, condenado pelo juiz da 13ª Vara Criminal Federal de Curitiba, Sérgio Moro. Encabeçada pela Central Única dos Trabalhadores, a campanha conta com a participação de dirigentes da CTB, Força Sindical, UGT, Nova Central e Intersindical. Marcha Mundial de Mulheres e MTST também apoiam a iniciativa.

politica

Falha humana é a principal linha da investigação sobre morte de Teori Zavascki

Teori Zavascki morreu há um ano na queda de um avião em Paraty; segundo o delegado responsável pelo caso, Rubens Maleiner, a principal linha de investigação leva a crer em falha humana nas manobras de aproximação da aeronave da pista de pouso em Paraty; avião bimotor que transportava Teori Zavascki e mais quatro pessoas, incluindo o piloto, caiu no mar próximo a Paraty, no litoral sul do Rio de Janeiro, em 19 de janeiro do ano passado. Todos os ocupantes morreram

politica

“Privatizar, essa discussão não existe na atual gestão”, diz Kassab sobre o Correio

Ministro Gilberto Kassab disse que o governo não discute privatização dos Correios; "na presente gestão, estamos recuperando os Correios”, disse após participar do programa Por Dentro do Governo, da TV NBR, emissora da Empresa Brasil de Comunicação (EBC); segundo Kassab, a atual gestão encontrou os Correios com uma administração desorganizada e com déficit de R$ 2 bilhões, sendo R$ 1 bilhão empenhado para o plano de desligamento voluntário do quadro de funcionários da empresa; ministro explicou que a função dos Correios deve ser reestudada e que, naturalmente, algumas funções vão desaparecer, “seja com privatização, parceria ou extinção”

politica

Justiça mantem suspensão da posse de Cristiane Brasil

Desembargador, Guilherme Couto de Castro, rejeitou o recurso da Advocacia-Geral da União (AGU) para suspender a liminar que impede a deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) de tomar posse como ministra do Trabalho; posse da deputada no cargo estava marcada para hoje (9)

politica

Não tenho problema em correr risco”, diz Maia sobre possível candidatura à Presidência

Presidente da Câmara defende mais de um candidato do centro; 'Sou cogitado porque há uma avenida aberta', diz Rodrigo Maia sobre candidatura à Presidência

politica

Maioria de servidores federais expulsos em 2017 foi por corrupção

Distrito Federal é a segunda cidade em expulsão de servidores; enfrentamento à impunidade no Poder Executivo Federal resultou, em 2017, na expulsão de 506 agentes públicos por envolvimento em corrupção e atividades contrárias ao Regime Jurídico dos Servidores (Lei nº 8.112/1990); foram 335 das penalidades aplicadas ou 66% dos casos ligados ao crime de corrupção; abandono de cargo, inassiduidade ou acumulação ilícita de cargos aparecem em seguida, com 125 dos casos; também figuram entre as razões proceder de forma desidiosa (negligência) e participação em gerência ou administração de sociedade privada; entre os atos relacionados à corrupção estão valimento do cargo para lograr proveito pessoal; recebimento de propina ou vantagens indevidas; utilização de recursos materiais da repartição em serviços ou atividades particulares; improbidade administrativa; lesão aos cofres públicos e dilapidação do patrimônio nacional