politica

“Na política, o melhor foro de enfrentamento de teses diferentes é a campanha eleitoral”, afirmou Rodrigo Maia, presidente em exercício do país.

Tido como pré-candidato à eleição presidencial, Maia afirmou ainda que, apesar da condenação ter sido confirmada pelo TRF-4, “na política, o melhor foro de enfrentamento de teses diferentes é a campanha eleitoral”. “Nela, o veredicto é dado pelas urnas. Mas a campanha não começou, e quem se pronunciou hoje foi o Poder Judiciário. É necessário ouvi-lo e respeitá-lo”, declarou.

politica

Lula é condenado em julgamento no TRF-4; Gleisi afirma que a candidatura será mantida

Lula foi condenado pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro por ter recebido como propina da construtora OAS um tríplex no Guarujá e reformas neste imóvel, num valor total de 2,4 milhões de reais, vindos de uma conta corrente mantida pela construtora para o partido, alimentado por dinheiro desviado de contratos da Petrobras.

politica

Em 6 pontos, o que acontecerá com Lula após o julgamento desta quarta-feira?

Quando os três desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) se reunirem na manhã desta quarta-feira para decidir se mantém ou não a sentença do juiz Sérgio Moro contra o ex-presidente Lula (PT), o ex-metalúrgico já terá completado mais de seis meses em campanha aberta, vestindo o figurino de candidato presidencial para 2018.

politica

Diap: há poucas chances de mudanças na Previdência serem votadas

Mesmo com o histórico de adiamentos, as centrais sindicais debatem e se preparam para uma greve geral na data prevista para votação. Segundo Queiroz, a mobilização das entidades de trabalhadores, aliada a outros fatores, torna “muito provável” que o governo seja mal-sucedido em sua agenda para a Previdência.

politica

Acordo com Ministério Público garante manifestações em Porto Alegre nos dias 23 e 24

O local do acampamento e o direito a manifestações populares foram definidos em acordo extrajudicial feito com o Ministério Público Federal do Rio Grande do Sul (MPF/RS) por meio da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão (PRDC) e representantes do governo do Rio Grande do Sul e do município de Porto Alegre.

politica

Cristiane Brasil pode assumir Ministério do Trabalho, diz STJ

O vice-presidente do STJ, ministro Humberto Martins, concedeu decisão liminar permitindo a posse da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) no Ministério do Trabalho; filha do deputado cassado Roberto Jefferson, protagonista do mensalão, Cristiane foi condenada por desrespeitar leis trabalhistas; ela também é acusada de servidora funcionária pública como motorista particular

politica

Cenário paulista depende de Doria e Skaf se entenderem sobre Bandeirantes; por Fernando Rodrigues

Publicado no Poder360, artigo de Fernando Rodrigues analisa eleição no Estado de São Paulo. Confira: Se renunciar, Doria corre risco Skaf tem 19% e está no páreo Prazo para decidir é 7 de abril

politica

Se Previdência não for votada em fevereiro, não será mais, diz Maia

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou hoje (15), em Washington, que, se o governo não conseguir os votos necessários para aprovar a reforma da Previdência em fevereiro, a Câmara não votará mais a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016. O início da discussão da matéria está previsto para 19 de fevereiro.

politica

Priorizamos agenda da reforma da Previdência sem nenhum tipo de otimismo, diz Maia

Reforma é necessária para atrair investimentos, mas não será fácil aprová-la, diz o presidente da Câmara, Rodrigo Maia; deputado ressaltou que o Brasil está em ano eleitoral, o que deve afetar a agenda do Congresso Nacional; Rodrigo Maia participa, até quinta-feira (18), de encontros oficiais com autoridades, políticos e empresários nos Estados Unidos e México; presidente da Câmara afirmou que, a partir de semana que vem, vai se reunir com todos os líderes e parlamentares para checar “se está muito longe ou muito perto de votar essa reforma”

politica

Lula recebe os dirigentes metalúrgicos Miguel Torres, Sérgio Butka e Paulo Cayres

Na tarde desta segunda (15), o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e da Confederação/CNTM, Miguel Torres,  o  presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Curitiba, Sérgio Butka, ambos diretores da Força Sindical, e o presidente da CNM/CUT, Paulo Cayres, se reuniram com o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, no Instituto Lula, em São Paulo, manifestando apoio à legalidade de sua candidatura presidencial.