Colunista Sergio Luiz Leite (Serginho)

Trabalhadores químicos serão especialmente prejudicados pela Reforma da Previdência

A Reforma da Previdência apresentada pelo governo Bolsonaro se mostrou ainda mais cruel que aquela intentada por Temer em 2016. A PEC 06/2019 destrói a Seguridade Social conquistada pela sociedade brasileira e cristalizada na Constituição Federal. Para os trabalhadores e trabalhadoras que colocam sua saúde em risco trabalhando expostos a agentes nocivos (como por exemplo, calor, ruído, radiação, poeira, gazes etc.), a reforma da Previdência é especialmente prejudicial.

Nossa saudação no Dia Nacional dos Aposentados

Nesta data em que comemoramos o Dia Nacional dos Aposentados – 24 de janeiro, também reafirmamos o compromisso da FEQUIMFAR e Sindicatos filiados com a luta dessa importante parcela da sociedade que está sempre presente, junto ao movimento sindical, contribuindo com uma sociedade mais justa.

Os perigos do regime de capitalização da Previdência

Paulo Guedes, o guru econômico do presidente, formado pela ultraliberal Escola de Chicago (EUA), pretende implementar no Brasil o sistema previdenciário de capitalização nos moldes do modelo chileno. E por que isso é tão grave? Primeiro, porque o próprio governo chileno atestou o fracasso do sistema de capitalização implantado em 1981 pela ditadura de Pinochet, tendo que hoje complementar as pensões pagas para retirar os beneficiários da linha da pobreza. O relatório final da “bravo comission” para reforma da Previdência chilena, proposto à ex-presidenta Michelle Bachelet, sugere o resgate da solidariedade do sistema de modo muito próximo ao que temos na Constituição brasileira de 1988.

Um ano de reforma trabalhista: informalidade e insegurança jurídica

A taxa de desemprego medida pela PNAD-IBGE cresceu entre dezembro de 2017 e março de 2018, iniciando um modesto recuo a partir de abril enquanto se observava paralelamente uma grave expansão dos postos de trabalho informal.

Os 30 anos da Constituição Cidadã: avanços, retrocessos e desafios

A Constituição estabelece aos sindicatos a representação de todos os trabalhadores de suas respectivas categorias, e, para tanto, determina também uma fonte de custeio capaz de manter o sistema confederativo estruturado na unicidade sindical. Contudo, em outro ataque da Reforma Trabalhista, ratificado pelo Poder Judiciário, houve um desvirtuamento do sistema de custeio sindical. Como poderemos buscar um fortalecimento da negociação coletiva com o aprofundamento do desequilíbrio existente entre as entidades de representação do capital e do trabalho?

Defenda seu 13º salário!

O 13º salário foi conquistado em 1962 pela luta e mobilização do povo brasileiro. Hoje ele faz parte da vida de 83 milhões de pessoas, entre empregados com carteira assinada, trabalhadores domésticos, aposentados, pensionistas e servidores.

O voto foi uma conquista! Eu não abro mão desse direito. E você?

Em história mais recente, lembramos também que o golpe militar de 1964 impediu o voto direto para Presidente da República e outros cargos, como governador, prefeito e senador. Ou seja, o caminho para a manifestação legítima da democracia ainda era custoso. Naquele tempo, eram escolhidos pelas urnas apenas os deputados federais, estaduais e vereadores.

A Indústria 4.0 e a reorganização do movimento sindical

Greve dos caminhoneiros põe a nu o neoliberalismo

A greve dos caminhoneiros está prestando um grande serviço ao Brasil. Mesmo sob o alto custo do desabastecimento temporário de produtos e com a marca do caos momentâneo nas estradas, o movimento fez cair a máscara do modelo neoliberal implantado sem freios e restrições pelo governo Michel Temer. Em particular, a greve põe a nu […]

Seis meses de vigência da Reforma Trabalhista! Cadê os empregos?

Completos seis meses de vigência da nova legislação trabalhista nos cabe a pergunta: onde estão os empregos prometidos? Ou pior, onde estão os postos de trabalho extintos pela Reforma Trabalhista? Desde dezembro de 2017, a taxa de desemprego medida pela PNAD só faz crescer, alcançando em março de 2018 o patamar de 13,1%, o equivalente […]